Você está aqui: Página Inicial / Sobre a Câmara / Notícias / Comissão em defesa dos moradores das Doquinhas inicia trabalhos

Comissão em defesa dos moradores das Doquinhas inicia trabalhos

Publicado em 11/11/2019.
Visita para analisar as condições do local que tem sofrido com enchentes foi feita na última sexta-feira e contou com a presença de vereadores e representantes da prefeitura.
Comissão em defesa dos moradores das Doquinhas inicia trabalhos

Lenise Slawski

Os trabalhos da comissão mista para tratar das dificuldades vividas pelos moradores das Doquinhas, no Porto, começaram na última sexta-feira (8). O grupo de trabalho foi proposto pela vereadora Daiane Dias (PSB), durante reunião pública sobre a necessidade de criar políticas habitacionais para áreas de risco em Pelotas. "A ideia é que juntos com a secretaria de habitação e as secretarias responsáveis pelas políticas de inclusão, possamos fazer um mapeamento dessa comunidade, a fim de que com esse extrato social tenhamos condições de buscar recursos para essas pessoas", afirmou a parlamentar.

Além da vereadora Daiane e do vereador Marcos Ferreira Marcola, também esteve presente no encontro, o secretário de serviços urbanos, Antônio Ozório. Segundo o secretário não é possível fazer trabalhos além do paliativo, pois seria irresponsabilidade do poder público estabelecer uma comunidade em área de risco. Ozório também frisou que quando há chuva e vento é impossível impedir o avanço da água no local. "Nós, poder público, temos que achar formas de retirar essas pessoas para um local mais seguro e sociável, humanizado", afirmou.

 

Patricia Fernandes é moradora da localidade há aproximadamente 11 anos e durante esse tempo foram diversas inundações. "A verdade é que a gente não precisa da chuva para ter enchente, se virar o vento a água sobe", relatou a moradora. Além dos danos materiais, do medo de perder a moradia e da exposição à doenças, Patricia contou que a água e a sujeira tem trazido um perigo inusitado. "A minha filha, ontem, estava limpando a casa e achou uma cobra. Eu abri a porta e dei de cara com cobra", disse.

Após a visita, ficou encaminhada a instalação de duas coletoras de lixo, uma em cada entrada da comunidade, além da limpeza do local. A vereadora Daiane também se comprometeu a buscar junto à secretaria de assistência social a possibilidade de incluir esses moradores em um programa para receber mensalmente as sacolas de alimentos disponibilizadas pela prefeitura. "Agora devemos continuar fazendo as reuniões da comissão para buscar além dessas medidas básicas e temporárias. O foco a longo prazo é conseguir retirar essas pessoas daqui e dar um local seguro e digno para elas. É o que a comunidade quer e é o que nós queremos", completou Daiane.

 

Assessoria de Imprensa da Vereadora Daiane Dias PSB

Redes sociais

Facebook  Twitter  Youtube  Esta imagem é referenciada nos conteúdos do portal.  Esta imagem é referenciada nos conteúdos do portal.

TV Câmara

Atendimento ao Cidadão

Esta imagem é referenciada nos conteúdos do portal.

Leis e Processo Legislativo

Licitacon