Você está aqui: Página Inicial / Sobre a Câmara / Notícias

Notícias

Publicado em 10/07/2019.
Banco de notícias desta Casa Legislativa.

Câmara aprova 18 projetos nas sessões dessa semana

Publicado em 17/03/2021.
Matérias variam desde nome de ruas até a obrigatoriedade para farmácia e fabricantes de medicamentos contratar empresas para tratar seus descartes
Câmara aprova 18 projetos nas sessões dessa semana

Presidente Cristiano Silva (PSDB) avalia como positiva a produção do dia (Foto: Paulo Ferreira/TV Câmara)

Realizadas nessa quarta-feira de forma conjunta, devido as restrições impostas pela bandeira preta, as três sessões da semana da Câmara Municipal de Pelotas foram marcadas pela aprovação de 18 projetos de lei e a apreciação de vetos da Prefeitura a outras cinco normas. Para o presidente do Legislativo, vereador Cristiano Silva (PSDB) apesar da longa duração – foram 9h – as sessões da semana foram muito produtivas. “Tivemos um dia muito trabalhoso, porém com resultados muito satisfatórios para a comunidade”, disse. A partir da próxima semana a Câmara passará a realizar sessões nas terças e quartas para tentar otimizar o trabalho dos vereadores e qualificar os debates.

Entre as matérias aprovadas estão projetos como o que estabelece a obrigatoriedade de empresas do ramo farmacêutico contarem com serviços privados para o tratamento de seus resíduos sólidos em vez de dependerem apenas da coleta pública. A proposta foi apresentada pelo vereador Sidnei Fagundes (PT) e aprovada por unanimidade.

Também foram aprovadas a desafetação de uma área pública na Ambrósio Perret para possibilitar a regularização fundiária do local, a criação uma comissão especial para fiscalizar a situação dos abrigos e asilos de idosos, uma frente parlamentar para discutir a reforma psiquiátrica e da Lei Municipal dos Animais Comunitários, que garante proteção aos animais que vivem em áreas condominiais.

PRONUNCIAMENTOS 

As manifestações dos vereadores no Grande Expediente – período da sessão destinada à falas de até dez minutos – versaram basicamente sobre o aumento de casos de Covid-19, o colapso do sistema de saúde pública, a necessidade de auxiliar a Prefeitura a adquirir vacinas com recursos próprios e de aumentar a fiscalização sobre aglomerações.

“Quem está fazendo festa tem que ser multado, mas não com uma multinha de R$ 100,00 tem que ser uma multa pesada e que reverta para um fundo de aquisição de vacinas”, defendeu o líder do Governo, Marcos Ferreira, Marcola (PTB).

Na mesma linha seguiu a vereadora do PT Miriam Marroni. “É preciso multar quem anda sem máscara porque a multa tem o poder o comportamento, de obrigar as pessoas a serem mais responsáveis, como aconteceu no caso do cinto de segurança. É preciso multar e a fiscalização divulgar essas autuações para gerar essa conscientização”, afirmou.

Por Assessoria de Imprensa da Câmara Municipal de Pelotas 

Vereadora Cristina Oliveira propõe Fundo Municipal de Proteção Animal para o financiamento de políticas públicas

Publicado em 17/03/2021.
Vereadora Cristina Oliveira propõe Fundo Municipal de Proteção Animal para o financiamento de políticas públicas

Cristina Oliveira (PDT) que protocolou projeto na última segunda-feira (Foto: Arquivo/Redes Sociais)

Possibilitar o financiamento de políticas públicas para os animais com a utilização de recursos levantados por meio de multas, valores orçamentários e doações. Esse é objetivo da vereadora Cristina Oliveira (PDT), que protocolou na última segunda-feira (15) um projeto de lei para criar o Fundo Municipal de Proteção Animal em Pelotas. A intenção, com a medida, é solucionar o problema histórico de falta de verbas para ampliação de programas voltados à proteção de animais e possibilitar o quanto antes, por exemplo, o aumento de castrações custeadas pelo executivo e adequações no Canil, Gatil e Hospedaria de Grandes Animais.

A proposta, que deve ser apreciada em plenário na próxima semana, prevê que o Fundo terá como receita as multas aplicadas a quem comete maus-tratos aos animais, recursos destinados no orçamento municipal, multas advindas de crimes ambientais e apreensões, contribuições de instituições públicas e privadas e doações de pessoas físicas e jurídicas.

“Acredito que o fundo vai nos garantir a promoção adequada de alimentação, abrigo e tratamento aos animais vulneráveis do município, além de castrações e outros procedimentos necessários ao atendimento eficiente”, enfatiza Cristina. Os recursos serão administrados pela Secretaria de Qualidade Ambiental (SQA) em prol do bem-estar animal, de acordo com o projeto que para tornar-se lei necessita da aprovação dos vereadores e sanção da prefeita.

A vereadora lembra que lei com multas mais severas para maus-tratos, baseada em uma proposta sua e que prevê até R$ 4.700 de penalização, já está em vigor. Além disso, defende que ela seja aplicada e os recursos arrecadados revertidos ao fundo. “Queremos a melhoria de vida dos inúmeros animais flagrados à própria sorte no município, muitas vezes abandonados ou maltratados", explica.
Por Assessoria de Imprensa do gabinete da vereadora Cristina Oliveira (PDT)

Dia da Eliminação da Discriminação Racial entra na pauta da Câmara

Publicado em 17/03/2021.
A data de 21 de março é dedicada ao combate do racismo e será motivo de discussão no Legislativo
Dia da Eliminação da Discriminação Racial entra na pauta da Câmara

Vereador Barriga (PTB) quer usar o dia 21 para discutir combate ao racismo (Foto: Volmer Perez/Arquivo)

O vereador Rafael Dutra, Barriga (PTB) quer integrar o Dia da Eliminação da Discriminação Racial à pauta de discussões da Câmara Municipal. A data foi instituída pela Organização das Nações Unidas (ONU) a partir do massacre de Shaperville (África do Sul) onde em 21 de março de 1960 a polícia local assassinou 69 pessoas e feriu gravemente outras 186 que participavam de uma manifestação contra restrições de circulação impostas à população negra no país.

 A iniciativa está diretamente ligada aos ataques racistas dirigidos aos vereadores negros da Câmara Municipal de Pelotas durante as votações do dia 25 de fevereiro. “Ao trazer essa data para dentro do Legislativo mostramos a toda a sociedade que estamos unidos no combate ao racismo”, afirma.

 A partir disso a data deve pautar a realização de matérias da TV Câmara e, ainda, ser abordada em plenário pelos vereadores negros.

Por Assessoria de Imprensa da Câmara Municipal de Pelotas

Vereadora Fernanda Miranda/PSOL denuncia falta de medicamento essencial à vida na Farmácia Municipal

Publicado em 16/03/2021.
Vereadora Fernanda Miranda/PSOL denuncia falta de medicamento essencial à vida na Farmácia Municipal

Vereadora Fernanda Miranda cobra fornecimento de medicamento para a população (Foto Volmer Perez/Arquivo)

Mais uma vez o mandato do PSOL vai ao judiciário para que a gestão garanta direitos essenciais à população como o direito à vida, a garantia de tratamento, à saúde integral e qualidade de prestação dos serviços públicos.

Há tempo considerável a vereadora vem denunciando a falta de medicamento depakene/ ácido valpróico na farmácia municipal, que é um anticonvulsivante extremamente necessário para o controle de crises e tratamento de transtornos psíquicos de crianças e adultos, onde a sua falta pode ser fatal. A ausência da medicação ocorre desde novembro do ano passado, e a falta deste e outros medicamentos na FM é um problema recorrente gerado a anos.

Em resposta a nossas denúncias a secretaria de saúde alegou que não estava conseguindo efetuar a compra por falta de insumos para a produção dos medicamentos. Contudo, em matéria veiculada no dia 15/03 no Diário Popular, após a solicitação, enviada pelo mandato, de pedido de informação em sessão do dia 10/03, o qual foi questionado sobre a comprovação da intenção de compras e as respostas dos laboratórios nos últimos meses, a Secretária de saúde respondeu ao Jornal que foi cancelada a compra do remédio assim feito pedido de dispensa por licitação para aquisição, devido a variação do preço ofertado pelas empresas, pois o produto estava custando mais que comumente ofertado,

O que há então de fato? É a falta de insumos ou uma outra dificuldade, seja de planejamento, seja de lidar com os processos de compra que existem para que se evite corrupção?

É inadmissível que a população tenha que arcar com os custos de uma medicação que deve ser dispensada pela prefeitura, por conta de falta de planejamento e má gestão, ainda mais em um momento de crise financeira e sanitária, onde sua falta pode ocasionar problemas de ordem irreversíveis.

Mandato conectado: vereadora Marisa Schwarzer se reúne com a ativista e secretária Regina Becker

Publicado em 16/03/2021.
Mandato conectado: vereadora Marisa Schwarzer se reúne com a ativista e secretária Regina Becker

Marisa e Regina Fortunatti (Foto: Reprodução)

Na tarde de ontem, eu e minha equipe nos reunimos virtualmente com a Secretária Regina Becker Fortunati (ativista da causa animal e atualmente responsável pela Secretaria do Trabalho e Assistência Social em Porto Alegre) para solicitarmos apoio e orientações. Ao descrevermos o projeto de substituição dos veículos de tração animal que estamos construindo para o município de Pelotas, a ex-deputada estadual, que também levanta a bandeira da causa animal, pôde nos auxiliar na busca de apoio para dar às famílias de charreteiros o suporte necessário para passarem por esta transição. 

Além de discutirmos o projeto de substituição gradativa dos veículos de tração animal na capital, pudemos também trazer outras questões das quais dependemos do apoio do estado para dar andamento. Uma delas, foi a moção de apoio enviada ao governador Eduardo Leite pelo nosso mandato, solicitando a abertura de um cartório especializado na investigação de crimes de maus tratos em uma das delegacias de Pelotas. Nossos próximos passos são colocar as delegacias em contato com a secretária e com a pauta animal, a fim de conquistarmos o apoio da segurança pública na coibição de crimes de maus tratos. 

Por fim, outro assunto abordado foi a falta de verbas para castração. Por meio da reunião com a secretária, fomos informados em primeira mão que o governo do estado irá liberar um recurso total de 1 milhão e 600 mil reais para o Rio Grande do Sul, para investimento em castrações. O valor será repassado a diversas cidades gaúchas, por isso ainda não sabemos quanto será destinado a Pelotas, mas os editais, onde poderemos consultar o montante, serão publicados em até 45 dias. Esta verba será encaminhada a ONGs municipais, ou ainda para universidades públicas que façam convênios com as prefeituras locais (como a UFPel faz hoje para atendimento dos animais de grande porte).

Por Assessoria de Imprensa do gabinete da vereadora Marisa Schwarzer (PSB)

Pauta cheia nas sessões dessa semana na Câmara Municipal

Publicado em 16/03/2021.
Entre os projetos prioritários está a doação de recursos para compra de vacinas
Pauta cheia nas sessões dessa semana na Câmara Municipal

Vice-presidente Paulo Coitinho prevê sessões tranquilas e com bastante trabalho (Foto: Paulo Ferreira/Arquivo)

Nessa quarta-feira (17), a partir das 8h30, a Câmara de vereadores realiza as três sessões ordinárias da semana. Em discussão estão mais de 120 pedidos de providências, cinco pedidos de informação, dois Projetos de Lei e um Decreto Legislativo. Outras matérias ainda podem ser protocoladas para a segunda e terceira sessão.

De acordo com o vice-presidente da Câmara, vereador Paulo Coitinho (Cidadania) essa semana serão apreciados os pareceres referentes aos projetos já protocolados e analisados pelas comissões responsáveis na semana passada.

 “A expectativa é boa. Os vereadores têm trazido muitos projetos e indicações que ainda não começaram a tramitar na Casa. Temos muito trabalho. É isso que a gente quer, é nisso que a gente acredita”, finaliza Coitinho.

Recurso para a compra de vacinas

Entre os assuntos da ordem do dia, está um pedido de informação feito pelo vereador Anselmo Rodrigues, o Governaço (PDT) sobre o fundo de aquisição do prédio próprio do Legislativo. O parlamentar pede uma cópia do documento. A intenção é destinar o recurso ao poder executivo para a compra de doses da vacina contra a Covid-19.

Segundo o autor, o assunto mais discutido na atualidade é a imunização e o Legislativo precisa fazer sua parte. “Para mim no momento, não existe propósito maior para essa verba do que a compra das vacinas. Com esse recurso da Câmara, a prefeitura não vai precisar realizar cortes em outras secretarias”, diz Anselmo.

O parlamentar ainda comenta que está ajustando a proposta junto com o presidente da Casa, vereador Cristiano Silva (PSDB) para que seja protocolada o quanto antes, e finaliza “Não quero que esse projeto seja meu, quero que seja da Câmara”.

A liderança do governo no legislativo, vereador Marcos Ferreira, Marcola (PTB) explica que os R$ 10 milhões estão emprestados ao poder executivo, e que a Câmara pode abrir mão do pagamento desse valor e doá-lo à Prefeitura para a compra dos imunizantes. Para isso, deve ser feito um projeto de resolução, alterando o texto inicial que cria o fundo para a compra do prédio.

A discussão desse assunto segue nos próximos dias.

 Onde acompanhar

As sessões ordinárias podem ser acompanhadas ao vivo a partir das 8h30 pela TV Câmara Pelotas, canais 21.2 aberto digital e 16 da NET e também através da página no Facebook da Câmara de Vereadores.

 

Por Kauã Blank, estagiário sob a supervisão do jornalista Álvaro Guimarães, coordenador da Assessoria de Imprensa da Câmara Municipal

 

Ataques racistas contra vereadores estão sob investigação

Publicado em 15/03/2021.
Polícia Civil e Câmara tentam identificar autores das agressões
Ataques racistas contra vereadores estão sob investigação

Cesinha e Michel Promove foram alvos de ataques racistas (Foto Volmer Perez/Arquivo)

A Câmara Municipal de Pelotas e a Polícia Civil já começaram a investigar a origem dos ataques racistas promovidos contra cinco vereadores durante e após a transmissão da sessão do dia 25 de fevereiro quando foram votados os projetos da Prefeitura sobre alterações nas licenças prêmio e bonificação para professores que atendem alunos portadores de necessidades especiais em salas de aula regulares. As vítimas dos ataques foram os vereadores César Brizolara, Cesinha (PSB), Rafael Barriga (PTB), Reinaldo Belezinha (PSD), Fagner Feijó (PTB) e Michel Promove (PP).

As mensagens encaminhadas pelas redes sociais dos parlamentares e nos comentários da transmissão nas páginas da TV Câmara e da Câmara de Vereadores já foram repassadas para a polícia. Comentários como “se venderam por um pedaço de carne esses negros”, “tapetes da casa grande”, “acham que vão participar da festa na casa grande. Ah vão sim, cuidando dos carros, limpando os banheiros e servindo de chacota” foram direcionados aos parlamentares.

Vítimas

Durante as sessões ordinárias da semana passada o vereador Michel Promove (PP) voltou a falar sobre o assunto e defendeu seu direito a opinião. “Tudo o que já contribuímos para a comunidade não tem mais valor por causa de um posicionamento político? Falam em defesa da democracia, na defesa do respeito, mas aí quando suas bandeiras atacam de tal forma, essas pessoas se silenciam. Estou vendo muita incoerência na hora de defender a democracia” afirmou.

Quem também usou o espaço foi o vereador César Brizolara, Cesinha (PSB), que criticou a falta de apoio de partidos que defendem a causa da comunidade negra. “Eu venho pra essa Casa representando várias vozes silenciadas. Muitos falam aqui em coerência e vou cobrar isso de quem diz lutar por essa bandeira, porque com esses cinco negros que foram atacados aqui não se teve coerência nenhuma”, declarou.

O vereador Rafael Dutra, Barriga (PTB) conta que além de ataques nas redes sociais também foi vítima de racismo em um supermercado quando ouviu um casal dizer “olha aí esse negro que votou contra a gente”. Barriga argumenta que parte da comunidade não aceita ver negros em cargos como os que ocupam atualmente. “Infelizmente Pelotas ainda não aceita negros como vereadores, mas somos resistência e vamos seguir lutando por melhorias da nossa cidade”, disse.

O vereador Fagner Feijó (PTB) também lamentou os ataques sofridos e indignado cobrou mais respeito.

Consequências

O presidente da Câmara Municipal, vereador Cristiano Silva (PSDB) disse que já foram indicados os membros para o Conselho de Ética responsável por receber as denúncias dos vereadores e encaminhar a apuração dos fatos e todas as medidas cabíveis.

O presidente ressalta que se algum servidor do Legislativo estiver envolvido responderá processo administrativo e, caso algum detentor de Cargo Comissionado (CC) tiver seu envolvimento comprovado será exonerado.

O líder do governo no legislativo, vereador Marcos Ferreira, Marcola (PTB) se solidarizou com os colegas atacados e ressaltou a falta de apoio dos partidos que defendem a luta contra o racismo. “Precisamos descobrir quem está incitando esses ataques, quem são os envolvidos. O perfil de uma escola pública foi usado, e eu na condição de líder do governo vou cobrar as devidas punições a esses servidores”, declarou Marcola.

 Criação de comissão

Durante as sessões ordinárias dessa semana, Marcola informou que vai protocolar um pedido de alteração no regimento interno da Casa para a criação de uma comissão de combate ao racismo.

O parlamentar explica que após os últimos acontecimentos, a Câmara precisa acionar todos os mecanismos necessários para conter esse tipo de ataque. “O que nós estamos apresentando é que a Comissão de Direitos Humanos seja transformada em Comissão de Direitos Humanos e Combate ao Racismo”, comenta Marcola.

A proposta será protocolada ainda essa semana, para entrar em votação na próxima quarta-feira (17), quando ocorre as três sessões ordinárias da semana.

Por Kauã Blank, estagiário sob a supervisão do jornalista Álvaro Guimarães, coordenador da Assessoria de Imprensa da Câmara Municipal

Coitinho destaca preocupação com aumento de casos de Covid-19

Publicado em 11/03/2021.
Coitinho destaca preocupação com aumento de casos de Covid-19

Coitinho destacou preocupação com a Covid-19 em seu pronunciamento (Foto Arquivo/Volmer Perez)

A sessão ordinária de ontem, foi marcada por discursos fortes e muita preocupação. O vereador Paulo Coitinho (Cidadania) falou dos números assustadores dos últimos dias de contaminação e mortes por Covid-19. “É preciso conscientizar e seguir as orientações que as autoridades do município e do estado solicitam neste momento”, disse ele.

Coitinho ainda salientou a importância do distanciamento social e de estarmos ciente quanto ao uso de máscaras faciais para proteção.


No seu pronunciamento, o vereador falou da reunião virtual com o vice-governador Ranolfo Vieira Júnior, o assessor especial de relações institucionais da prefeitura, Henrique Pires, o representante da OAB Pelotas, Fábio Gonçalves, o ex-deputado estadual, Catarina Paladini, o presidente da Câmara de Vereadores, Cristiano Silva e o presidente do Conselho Municipal do Povo de Terreiro, Babalorixá Juliano de Oxum, para tratar da implantação em Pelotas da Delegacia Especializada de Combate a Intolerância, Crimes Étnicos Raciais e de Gênero. “Precisamos unir forças para trazer essa importância delegacia para nossa cidade”.

O vice-governador disse que fará uma análise técnica nos próximos dias e que aguardará a formação de novos policiais civis. Porém, neste primeiro momento, não descartou a criação de um cartório para receber as demandas como forma de impulsionar as futuras atividades da Delegacia.

Para finalizar, o parlamentar falou sobre seu parecer favorável à compra de vacinas contra a Covid-19, através de consórcio municipal com o objetivo de garantir uma imunização mais rápida e em maior número em nosso município.

Por Assessoria de Imprensa do vereador Paulo Coitinho (Cidadania)

Mandato conectado: vereadora Marisa Schwarzer na luta pela substituição das charretes

Publicado em 11/03/2021.
Mandato conectado: vereadora Marisa Schwarzer na luta pela substituição das charretes

A vereadora eleita pela causa animal se comprometeu a lutar pela substituição dos veículos de tração animal (Foto: Reprodução)

Na manhã de terça-feira, a vereadora Marisa Schwarzer (PSB) se reuniu de forma virtual com o secretário José Olavo da Secretaria Municipal de Assistência Social, para estruturar de forma responsável o projeto de substituição das charretes. "Este é um projeto necessário para mudar o cenário de maus tratos em Pelotas, mas por se tratar do sustento de famílias, o diálogo social tem que sempre junto" afirma a parlamentar.
Em reunião, puderam discutir e definir os caminhos para aproveitar os programas sociais
no município, a fim de que eles contemplem também especificamente a categoria dos charreteiros. Foram discutidas medidas para possibilitar o cadastramento das famílias para receberem cestas básicas, programas de inserção de adultos no mercado de trabalho e também de erradicação do trabalho infantil.

A vereadora eleita pela causa animal se comprometeu a lutar pela substituição dos veículos de tração animal, e garante que essa é uma das prioridades de seu mandato. Porém, relembra que para que isso se torne uma realidade, é necessário propor um projeto bem pensado, além de viabilizar os recursos para que ele saia do papel.
Por Assessoria de Imprensa do Gabinete da vereadora Marisa Schwarzer (PSB)

Câmara vota liberação de recursos para a compra de vacinas contra a Covid-19

Publicado em 11/03/2021.
Propostas foram aprovadas nas comissões e encaminhadas para redação final
Câmara vota liberação de recursos para a compra de vacinas contra a Covid-19

Presidente Cristiano Silva (PSDB) comanda sessão virtual que só terminou no final da tarde (Foto: Volmer Perez)

Durante as sessões ordinárias da Câmara Municipal de Pelotas dessa semana -  realizadas simultaneamente na quarta-feira (10) - entraram em discussão três projetos da Prefeitura que autorizam a compra de vacinas contra a Covid-19 com recursos próprios do município.

Para auxiliar na compra, o vereador Anselmo Rodrigues, Governaço (PDT), propôs a destinação de R$ 10 milhões de recursos da Câmara, à Prefeitura. A iniciativa recebeu apoio dos parlamentares e deve ser protocolada nos próximos dias.

 Fala dos parlamentares

No grande expediente da primeira sessão, os vereadores usaram o espaço para falar sobre os perigos e os impactos da Covid-19 na comunidade. A compra de vacinas por parte dos municípios também foi pauta com amplo apoio a iniciativa.

O vereador Rafael Barriga (PTB) repercutiu o caso de racismo sofrido por ele e outros parlamentares negros após a votação de projetos da Prefeitura na semana passada.

A vereadora Carla Cassais (PT) anunciou que irá protocolar um projeto para a criação de um comitê de economia solidária que visa ajudar pessoas em vulnerabilidade social que foram afetadas pela pandemia de Covid-19.

 Matérias do dia

Entre os assuntos que entraram em discussão estavam o projeto de lei autorizativo “Renda Delas”, que permite à Prefeitura criar um programa que auxílio financeiro a mulheres chefes de família e mães de pessoas com deficiência. O intuito é combater a desigualdade na distribuição de renda por gênero, agravado por conta da pandemia.

A matéria foi protocolada pela vereadora Fernanda Miranda (PSOL), mas é um dos projetos apresentados pelo coletivo de vereadoras em atividade durante a audiência pública no Dia Internacional da Mulher.

“O que trazemos com essa proposição é um grito de socorro dessas mulheres que estão passando por necessidades”, declarou Fernanda.

 Comissões temáticas

Na ordem do dia também foi discutida outra proposta do coletivo de vereadoras: a criação de uma Comissão Temática de Direito das Mulheres. O requerimento altera o regimento interno da Casa.

As parlamentares defenderam a ideia e destacaram a importância de um espaço dedicado a luta das mulheres. “Não estamos discutindo partidos, estamos discutindo propostas, discutindo vidas” comentou a vereadora Ana Paula (PSD).

O vereador Marcos Ferreira, Marcola (PTB) reforçou a necessidade da criação da comissão e aproveitou para informar que vai protocolar um requerimento para a criação de uma comissão temática de combate ao racismo.

 Reunião das comissões

Na parte da tarde, os parlamentares se reuniram novamente para uma reunião conjunta das comissões de Constituição de Justiça (CCJ) e de Orçamento e Finanças (COF).

Entre as pautas estavam as mensagens encaminhadas pela prefeitura relacionadas a compra de vacinas. Com pareceres positivos, os projetos foram encaminhados para redação final.

As mensagens 08, 09 e 10/2021 são direcionadas a aquisição de imunizantes contra Covid-19 utilizando recursos próprios do município. Além disso, foi aprovada a abertura de um crédito adicional no orçamento de 2021 no valor de R$ 45 milhões para o enfrentamento da pandemia.

 Segunda e terceira sessão

Após a reunião das comissões, os parlamentares realizaram a segunda e terceira sessão da semana.

No grande expediente, a pandemia voltou a ser pauta. Os vereadores demonstraram preocupação com o aumento de casos, de óbitos e a falta de leitos de UTI.

Os ataques racistas sofridos pelos vereadores negros da Casa também voltaram à pauta com Michel Promove (Progressistas) lendo alguns dos comentários postados em redes sociais e cobrando a responsabilização dos e envolvidos. O vereador César Brizolara, o Cesinha (PSB) também tratou do assunto.

 Redução de gastos

Na ordem do dia da segunda sessão ordinária, entrou em pauta um projeto de autoria do presidente da Câmara, Cristiano Silva (PSDB), que altera a resolução e extingue a cota de telefone do assessor jurídico da Casa, do diretor da Câmara e do chefe de gabinete da presidência.

A medida reduz ainda a cota destinada aos vereadores para telefones, xerox e outras necessidades. Na justificativa, Silva argumentou se tratar de contenção de despesas. O texto foi aprovado e encaminhado para redação final.

 

Por Kauã Blank, estagiário sob supervisão de Álvaro Guimarães, jornalista coordenador da Assessoria de Imprensa da Câmara Municipal

Audiência Pública debate direitos e políticas públicas para as mulheres

Publicado em 09/03/2021.
O tema desse ano foi “Desafios das mulheres em meio à pandemia”
Audiência Pública debate direitos e políticas públicas para as mulheres

Por causa da bandeira preta audiência foi realizada em modo online (Foto: Volmer Perez)

Nesta segunda-feira (08), Dia Internacional da Mulher, a Câmara realizou uma audiência pública em alusão a data. Um momento para debater o que já foi feito pelos direitos das mulheres e também o que a sociedade ainda precisa evoluir.

Participaram do evento o presidente da Casa, vereador Cristiano Silva (PSDB), as vereadoras Miriam Marroni (PT), Fernanda Miranda (PSOL), Cristina Oliveira (PDT) e Marisa Schwarzer (PSB), além das suplentes em atividade, Ana Paula Santos (PSD), Jacqueline Santos (PSD), Jenifer Dias (PSOL) e Carla Cassais (PT). Também estiveram presentes os vereadores Jair Bonow (Progressistas), Paulo do Sítio Floresta (PSDB), Ana Custódio, representando o partido Cidadania entre outros.

O tema desse ano foi “Desafios das mulheres em meio à pandemia” e as convidadas para debater sobre o assunto foram Bianca D’Carla, Roberta Luzzardi, Jô Rocha e Vânia Lopes que representam mulheres trabalhadoras da saúde, educação, comunidade LGBT+ e demais áreas.

Mulheres na política

A abertura da audiência foi feita por Cristiano Silva, que destacou a data e a importância da mulher nas decisões políticas. “É preciso criar, ampliar, dar voz e garantir políticas públicas voltadas às mulheres. Assegurando saúde, justiça, segurança, salário digno e igualitário. Foram muitas conquistas, mas pouco perto do que se pretende”, destacou o parlamentar.

Logo após sua fala, Cristiano passou a presidência da Câmara de forma simbólica para a vereadora Miriam Marroni, proponente da audiência.

A parlamentar ressaltou a construção do evento de forma coletiva por todas as vereadoras e suplentes. Em sua fala, Miriam criticou a cultura machista presente na sociedade e destacou que nenhum homem nasce machista, mas acaba se tornando por conta do que lhe é ensinado. “Essa audiência quer dar esse recado pra sociedade, começamos a trabalhar políticas públicas para que a cidade tenha instrumentos públicos para enfrentar a violência”, afirmou.

Logo após, demais vereadoras, suplentes e convidadas usaram o espaço para fazer uma apresentação de seu trabalho e uma fala inicial. Depois das apresentações, começaram os debates do tema específico.

 História de superação

Durante sua fala, a vereadora suplente Ana Paula Santos (PSD), dividiu sua história de vida. Emocionada, contou ter sido vítima de violência doméstica e passado por muitas dificuldades. Disse que a mudança de vida aconteceu através do incentivo de sua chefe para estudar e, partir disso chegou a Faculdade de Serviço Social. A parlamentar conta que através do curso, pode conhecer os direitos que ela desconhecia e poderiam tê-la ajudado nos momentos de maior necessidade. “Entrei na política após atender diversas mulheres que passavam pela mesma situação que a minha e por isso hoje luto todos os dias pelos nossos direitos. Hoje eu sou a voz de quem não tem voz” falou Ana Paula.

Encaminhamentos

Ao final da audiência, a vereadora Fernanda Miranda (PSOL), anunciou os projetos criados pelo coletivo de parlamentares e que serão apresentados na Câmara.

O primeiro é o “Renda delas”, um projeto de lei que autoriza o poder público a pagar uma renda básica mensal para mulheres que são mães sozinhas e estão em situação de vulnerabilidade social por conta pandemia. Também estão incluídas mães de pessoas com deficiência.

O outro projeto é a Procuradoria da Mulher, que vai criar um espaço de discussão e luta sobre os direitos das mulheres e também de acolhimento de denúncias que envolvam as mulheres.

E pra finalizar, foi anunciada a criação da Comissão dos Direitos das Mulheres, uma comissão temática que terá o intuito de avaliar todos os projetos protocolados que vão interferir na vida das mulheres pelotenses.

Todos os projetos foram protocolados e entram em discussão no Legislativo nos próximos dias.

Momento histórico

Pela primeira vez na história, a Câmara teve oito vereadoras em atividade. Esse fato aconteceu após quatro parlamentares solicitarem afastamento temporário para que as suplentes pudessem assumir. Um ato simbólico para reforçar a importância da mulher na política.

A representação ficou da seguinte maneira:

Partido dos Trabalhadores (PT)

Miriam Marroni e Carla Cassais (Assume o mandato de Sidnei Fagundes)

Partido Socialismo e Liberdade (PSOL)

Fernanda Miranda e Jenifer Dias (Assume o mandato de Jurandir Silva)

Partido Social Democrático (PSD)

Ana Paula Santos (Assume o mandato de Carlos Junior) e Jacqueline Santos (Assume o mandato de Reinaldo Elias – Belezinha)

Partido Socialista Brasileiro (PSB)

Marisa Schwarzer

Partido Democrático Trabalhista (PDT)

Cristina Oliveira

 Por Kauã Blank, estagiário sob supervisão de Álvaro Guimarães, jornalista coordenador da Assessoria de Imprensa da Câmara Municipal

Vereador Carlos Júnior negocia solução para empresa do Fragata

Publicado em 09/03/2021.
Vereador Carlos Júnior negocia solução para empresa do Fragata

Carlos Júnior visita trecho próximo a entrada da empresa

 O problema é o acesso principal da Planfer Comércio de Produtos Rurais, que é pela rua Doutor André Dreifus, no Bairro Fragata. O trecho de aproximadamente 300 metros, até a Avenida Cidade de Lisboa, é de chão batido. Com o trânsito de caminhões, esburaca facilmente, e em dias de chuva fica intrafegável.

A direção contatou com o Gabinete do Vereador Carlos Júnior (PSD), e o parlamentar esteve na empresa, onde foi recebido pelo Gerente de Armazéns e Logística, Edson Pereira, juntamente com o Assistente de Logística, Emerson Moreira.

Durante a conversação, o gerente disse que a empresa está disposta em ser parceira do município para que o asfaltamento do percurso ocorra, o que segundo ele, é de suma importância para qualificar a rota de deslocamento de veículos até o pátio interno da Planfer. O parlamentar lembrou também que a obra irá melhorar a qualidade de vida para os moradores da localidade, pois deixarão de conviver com barro e pó.

Após a conversa inicial nas dependências da empresa, o vereador se dirigiu com os seus representantes para verificar in loco o pleito encaminhado.

De posse das informações e identificadas as dificuldades, Carlos Júnior comprometeu-se em agilizar um projeto de execução rápida, que traga benefícios para a firma e para a comunidade.

A empresa

A Planfer Comércio de Produtos Rurais foi fundada em 01 de fevereiro de 1993, fica sediada na Rua Dr. André Dreifus, 528, no Bairro Fragata. Com uma marca solidificada no setor do agronegócio, é responsável por gerar mais de 100 empregos diretos em Pelotas.

Câmara realiza audiência pública em homenagem ao Dia da Mulher

Publicado em 05/03/2021.
Pela primeira vez na história oito mulheres ocupam cadeiras no Legislativo da cidade
Câmara realiza audiência pública em homenagem ao Dia da Mulher

Os desafios das mulheres na pandemia é o tema do Dia da Mulher na Câmara (Foto: Lenise Slawski/Arquivo)

Na próxima segunda-feira (08), Dia Internacional da Mulher, será realizada uma audiência pública na Câmara em alusão a data. O tema desse ano será “Desafios das mulheres em meio à pandemia” e para falar sobre o assunto terão como convidadas, trabalhadoras da área da educação, da saúde, do ramo imobiliário e a representante de uma rede de apoio a mulheres.

A proposição foi da vereadora Miriam Marroni (PT), mas para que todos os temas que preocupam as parlamentares pudessem ser abordados, o evento foi construído de forma coletiva pelas vereadoras titulares e suplentes. Além disso, dois projetos foram criados com o envolvimento do grupo como: as propostas de criação da Procuradoria da Mulher e de uma Comissão dos Direitos das Mulheres.

A audiência pública será realizada de forma virtual e transmitida a partir das 18h ao vivo pela TV Câmara Pelotas (Canal aberto digital 21.2 e 16 da NET) e também pela página no Facebook da Câmara de Vereadores.

 Momento histórico

Pela primeira vez na história, a Câmara terá oito vereadoras em atividade. Esse fato acontece após quatro parlamentares solicitarem afastamento temporário para que as suplentes pudessem assumir. Um ato simbólico para reforçar a importância da mulher na política.

A representação fica da seguinte maneira:

Partido dos Trabalhadores (PT)

Miriam Marroni e Carla Cassais (Assume o mandato de Sidnei Fagundes)

Partido Socialismo e Liberdade (PSOL)

Fernanda Miranda e Jenifer Dias (Assume o mandato de Jurandir Silva)

Partido Social Democrático (PSD)

Ana Paula Santos (Assume o mandato de Carlos Junior) e Jacqueline Santos (Assume o mandato de Reinaldo Elias – Belezinha)

Partido Socialista Brasileiro (PSB)

Marisa Schwarzer

Partido Democrático Trabalhista (PDT)

Cristina Oliveira

 Por Kauã Blank, estagiário sob supervisão de Álvaro Guimarães, jornalista coordenador da Assessoria de Imprensa da Câmara Municipal

Mandato conectado: Vereadora Marisa Schwarzer faz reunião com secretário de qualidade ambiental

Publicado em 04/03/2021.
Mandato conectado: Vereadora Marisa Schwarzer faz reunião com secretário de qualidade ambiental

Marisa Schwarzer participou de reunião com o secretário de Qualidade Ambiental Eduardo Schaefer

Na manhã de hoje, a vereadora Marisa Schwarzer juntamente com a sua equipe, participou de uma reunião com o secretário da SQA (Secretaria de Qualidade Ambiental) Eduardo Schaefer e o chefe da fiscalização ambiental Everton Bristol.
Um dos assuntos abordados foram as denúncias de maus tratos feitas no município, e o fato de haver apenas um veterinário na secretaria para atestar a situação do animal. Quando esse profissional precisa de uma licença, ou está de férias, a secretaria tem que emprestar um servidor médico veterinário que esteja alocado em outro local para atendê-los, e isso faz com que a secretaria dependa da agenda de outros setores para poder fazer o laudo de maus tratos quando necessário. O secretário explicou que as denúncias seguem sendo averiguadas mesmo quando não há veterinário, só não é feito o laudo técnico atestando ou não os maus tratos. Como parlamentar, a vereadora irá atrás de recursos que possa disponibilizar para que haja contratação de mais um veterinário, uma vez que mesmo o outro estando em atuação, a demanda de denúncias de maus tratos é muito grande no município. 
O secretário também informou que estão sendo feitas melhorias na ouvidoria do município, para que as denúncias cheguem às secretarias com mais facilidade.
Além das denúncias presenciais que podem ser feitas na Casa Azul da Baronesa (Avenida Domingos de Almeida, 1490), também são aceitos vídeos e fotos por email (sqa@pelotas.rs.gov.br), ou pelo WhatsPel 91178-958 e também denúncias feitas por telefone fixo discando 156 (ouvidoria municipal). Lembramos que o registro da situação do animal (foto ou vídeo) é imprescindível para identificação do animal e para sabermos o estado em que ele se encontra. 
A causa animal foi uma das principais pautas da reunião, mas não foi a única. O mandato da vereadora também se disponibilizou e abriu os caminhos para que possam agir como fiscalizadores de crimes ambientais (por meio de toda a população que pode encaminhar denúncias de crimes que testemunharam), mas também para que seja possível incluir na legislação de pelotas mais leis pela preservação ambiental.
Por Assessoria de Imprensa do gabinete da vereadora Marisa Schwarzer (PSB)

Bancada do PSD será só de mulheres na próxima semana no Legislativo Pelotense

Publicado em 03/03/2021.
Bancada do PSD será só de mulheres na próxima semana no Legislativo Pelotense

Carlos Júnior fez a proposta que foi aceita pelo partido e por Reinaldo Belezinha (Foto: Assessoria)

A iniciativa é do vereador Carlos Júnior (PSD), líder da bancada na Câmara Municipal de Pelotas, o que recebeu apoio do Presidente do Diretório Municipal do PSD, Daniel Mussi, e a concordância imediata do companheiro de parlamento, vereador Reinaldo Belezinha (PSD).

A proposta é em comemoração ao Dia Internacional da Mulher, que transcorre na próxima segunda, dia 08 de março. Conforme o encaminhamento, duas suplentes substituírão os dois vereadores na Audiência Pública alusiva à data, e durante a Sessão Ordinária da próxima quarta – feira (10).

O vereador Carlos Júnior (PSD) em uma questão de ordem, durante a Sessão Ordinária de hoje (03), sugeriu também que todas as bancadas da Câmara Municipal adotem procedimento semelhante, em pelo menos uma, das três Sessões Ordinárias da próxima quarta “ precisamos ampliar o espaço das mulheres na política, e garantir tratamento igualitário, sem distinção de gênero”

O vereador Carlos Júnior é também Vice-Presidente do Diretório Municipal do PSD, e lembrou que a sigla, a partir da eleição 2020, definiu um projeto com o propósito de solidificação dos espaços das mulheres, e para tanto montou um quadro qualificado de candidatas, o que resultou em aproveitamento de muitas delas em funções estratégicas do município.

Por Assessoria de Imprensa do gabinete do vereador Carlos Júnior (PSD)

Câmara retorna sessões ordinárias com aumento significativo de trabalho dos vereadores

Publicado em 03/03/2021.
No primeiro dia após o recesso 24 projetos foram analisados
Câmara retorna sessões ordinárias com aumento significativo de trabalho dos vereadores

Por causa da bandeira preta sessões são realizadas online (Foto: Paulo Ferreira/TV Câmara)

Com o fim do recesso parlamentar, as Sessões Ordinárias voltaram nesta quarta-feira (03). Desde o início do ano eram realizadas Sessões Representativas, com a presença de apenas um vereador por bancada.

A expectativa era seguir com as atividades de forma presencial, como durante o recesso, porém com a classificação de bandeira preta as sessões precisaram voltar ao formato online.

 Aumento do trabalho parlamentar

Nesse retorno entraram em discussão 24 matérias entre Projetos de Lei do Legislativo e do Executivo. Isso representa um aumento significativo do trabalho dos vereadores no início de ano em comparação ao mesmo período de 2020, quando foram apresentadas quatro matérias para apreciação.

Já em 2017, na volta do recesso do primeiro ano da Legislatura anterior a primeira sessão ordinária teve seis projetos para apreciação.

Para o presidente da Câmara, vereador Cristiano Silva (PSDB) a produção legislativa não foi prejudicada apesar das sessões aconteceram virtualmente por causa da bandeira preta. “Os vereadores não pararam de trabalhar mesmo no recesso. Todos estão apresentando proposições ou projetos para tentar melhorar a nossa cidade”, comentou.

Entre as propostas em destaque na pauta dessa quarta-feira estavam projetos de nome para ruas, a criação da comissão especial para fiscalizar casas geriátricas e também um projeto que pretende que comerciantes, distribuidores e fabricantes de medicamentos mantenham serviços de recolhimento de descartes independentes da coleta pública.

 Homenagem à comunidade negra

O vereador Paulo Coitinho (Cidadania) propôs uma homenagem à professora Luciana Lealdina de Araújo e ao artista plástico Miguel Barros, duas personalidades da comunidade negra do município.

O resgate da história de luta dos dois será feita com a nomeação de Miguel Barros para a rua um do loteamento Eldorado nas Três Vendas e com a mudança no nome da rua Barão de Cotegipe no bairro Cruzeiro, para Luciana Lealdina de Araújo.

As duas personalidades homenageadas possuem grande destaque na luta pelos negros. Luciana, conhecida como “Mãe Preta” ou “Mãe Luciana” foi fundadora do Asilo de Órfãos São Benedito em 1901. Já Miguel Barros a Frente Negra Pelotense, atuou na direção do clube cultural “Chove e não molha” e representou a cidade no Primeiro Congresso Afro Brasileiro em Recife entre outras atividades.

“O mês de março foi escolhido para dar andamento ao projeto de lei que troca a do nome das ruas Barão de Cotegipe, um homem que foi senador pela Bahia e que tratou dos interesses escravagistas pelo nome de Luciana Araújo que foi uma pessoa de grande importância na política assistencial da cidade”, justifica o vereador.

Descarte de medicamentos

Já a proposta do vereador do PT, Sidnei Fagundes cobra dos envolvidos na produção e venda de medicamentos a disponibilização de pontos para descarte regular de remédios e embalagens. Atualmente o serviço é feito pelo sistema público de recolhimento e a ideia do parlamentar é que esses locais privados também ofereçam a função.

“A proposta desse projeto é incentivar a população a fazer o descarte regular dos medicamentos. A intenção é que ao ir na farmácia, os consumidores possam entregar o medicamento vencido para ir fora. Dessa maneira, deixam de botar fora no vaso ou no lixo normal, causando danos à natureza” comentou Sid.

Fiscalização de asilos

Também entrou em discussão nas sessões ordinárias dessa quarta-feira (03), a criação de uma comissão especial para que seja feita a fiscalização das casas geriátricas aqui do município por parte do poder legislativo. A proposta é do vereador Marcos Ferreira, Marcola (PTB).

O alerta para a importância da criação de uma comissão voltada para esse tema veio após o surto de Covid-19 em um asilo localizado na Zona Norte de Pelotas. Para evitar que esse fato lamentável volte a ocorrer, o intuito dessa frente de trabalho é fiscalizar se os locais estão cumprindo todas as exigências sanitárias de cuidado.

Adaptações

Para que o trabalho dos vereadores pudesse ser realizado de forma presencial, o plenário passou por adaptações, como distanciamento maior entre as bancadas e a colocação de divisórias entre os parlamentares. Tudo para diminuir o risco de transmissão da Covid-19.

Além disso, só é permitido o acesso à Câmara usando máscara e após medição de temperatura. Também é disponibilizado álcool em gel.

O número de assessores nos gabinetes e no plenário também foi diminuído, para evitar aglomerações.

Câmara fechada

Devido as restrições impostas pela bandeira preta a Câmara permanece fechada, porém todo o trabalho administrativo e legislativo segue feito no modelo de home-office.

 Por Kauã Blank, estagiário sob supervisão de Álvaro Guimarães, jornalista coordenador da Assessoria de Imprensa da Câmara Municipal

Jenifer Dias assume mandato do Vereador Jurandir Silva na Semana da Mulher

Publicado em 02/03/2021.
Suplente do PSOL, Jenifer representa a luta feminista, antirracista e LGBTQ+
Jenifer Dias assume mandato do Vereador Jurandir Silva na Semana da Mulher

Jenifer Dias é a mulher mais jovem da história da Câmara Municipal de Pelotas a assumir um mandato.

A partir desta quarta-feira (03), o Vereador Jurandir Silva (PSOL) ausenta-se por meio da licença parlamentar durante sete dias. Até a próxima quarta-feira (10), Jenifer Dias assume o mandato e divide as decisões e ações da Bancada do PSOL com a Vereadora Fernanda Miranda.

 Jenifer Dias é a terceira suplente do partido - recebeu 353 votos na última eleição - e a mulher mais jovem da história da Câmara Municipal de Pelotas a assumir um mandato. Ela é professora popular e representa a luta feminista, antirracista e LGBTQ+. A troca de vereadores para a Semana da Mulher é uma proposta do PSOL para dar ainda mais visibilidade às pautas que envolvem os direitos das mulheres de Pelotas.

 Para o Vereador Jurandir Silva, a mudança de vereadores do mandato representa o trabalho coletivo adotado pelo PSOL. “Se estou neste momento ocupando uma das 21 cadeiras desta Casa é justamente em virtude dos votos conquistados pelo meu Partido. Votos conquistados com o esforço da militância do PSOL, da qual a Jenifer é também representante. É muito importante e simbólico que esteja acontecendo justamente no mês de Março, tão importante para a luta das mulheres, e que a bancada do PSOL seja representada neste momento por Jenifer e Fernanda”, contou.

 À frente do mandato, o objetivo da militante é discutir temas caros às mulheres da nossa cidade, como a falta de uma Delegacia da Mulher que atende 24h; a luta pela renda básica emergencial municipal, a importância de uma Comissão dos direitos das Mulheres na Câmara Municipal e da criação da Procuradoria municipal da Mulher.

 "Assumir o mandato do camarada Jurandir reflete a coerência do Psol nas ações por maior representatividade na política institucional, além disso, garante ao conjunto de vereadoras mulheres maior potência nas ações, visto que será o único momento em que a Câmara contará com seis vereadoras. Esta semana será a possibilidade de amplificarmos as vozes de tantas mulheres que, infelizmente, ainda não ocupam a política institucional.", refletiu a militante.

Durante esta semana e a próxima, a militante participa das primeiras duas Sessões Parlamentares após o recesso, além da Audiência Pública do 8M - Dia Internacional da Mulher -, uma ação coletiva das vereadoras da Casa. “Jenifer, apesar de jovem, é uma militante e professora brilhante. Me sinto absolutamente representado por ela, e tenho certeza que durante este período os eleitores do PSOL e o povo de Pelotas terão duas excelentes vereadoras", concluiu Jurandir.

 

Por Assessoria de Imprensa do Vereador Jurandir Silva (PSOL)

Vereadora Marisa Schwarzer busca medidas para aumentar a efetividade de denúncias no município

Publicado em 01/03/2021.
Vereadora Marisa Schwarzer busca medidas para aumentar a efetividade de denúncias no município

Vereadora Marisa se reuniu com comando regional da BM (Foto: Assessoria/Divulgação)

Na manhã desta sexta-feira, a vereadora Marisa Schwarzer (PSB) cumpriu agenda na Brigada Militar - Comando Regional, juntamente com a deputada estadual Francine Bayer (PSB). Na reunião a parlamentar expôs aos comandantes da Brigada, sua preocupação acerca da falta de efetivos e viaturas para atendimento das denúncias de maus tratos.

“Saí da reunião com os próximos passos definidos: vou buscar verbas junto à iniciativa privada por meio do PISEG (Programa de Incentivo ao aparelhamento da Segurança) para que possamos adquirir esses veículos para a Brigada e destiná-los ao nosso município” declarou a vereadora que está em seu primeiro mandato.

Além disso, ainda acompanhou a deputada em uma reunião com a Prefeita Paula Mascarenhas para tratar questões da saúde, agora durante a pandemia, mediante o anúncio do governador de bandeira preta em todo estado.

Por Assessoria de Imprensa do gabinete da vereadora Marisa Schwarzer (PSB)

Vacinação para grupo com 80 anos ou mais já se aproxima da metade em Pelotas

Publicado em 01/03/2021.
Mudança de grupo alvo depende de chegada de novas remessas de vacina
Vacinação para grupo com 80 anos ou mais já se aproxima da metade em Pelotas

Durante o final de semana idosos foram vacinados em sistema de drive-thru (Foto: Rodrigo Chagas)

Até domingo (28), quase dois mil idosos com idades entre 80 e 84 anos já foram vacinados contra a Covid-19 em Pelotas. A estimativa da Secretaria de Saúde é de que existam na cidade quatro mil pessoas nessa faixa etária.

Durante o final de semana, foi realizada na reitoria do IFSul a aplicação de doses em formato de drive-thru, com a distribuição de mil fichas no sábado e outras mil no domingo.

Durante a semana a imunização continua, porém em escolas da rede pública, proporcionando mais segurança a quem for até o local. Conforme informações divulgadas pela Prefeitura a vacinação não é realizada nas Unidades Básicas de Saúde pois os locais recebem pessoas infectadas com o vírus, o que pode colocar os idosos em risco.

Segundo a Secretaria Municipal de Saúde, ainda não é possível determinar uma data para o fim da vacinação dessa faixa etária e começo de uma nova, pois a distribuição das doses acontece conforme a chegada de novos lotes destinados especialmente para cada grupo.

Pontos de vacinação

As escolas usadas como pontos de aplicação da vacina estão localizadas nos bairros Areal, Fragata, Laranjal e nas Três Vendas. O horário de atendimento é das 10h à 15h e serão distribuídas 100 fichas por dia em cada escola. Veja abaixo as instituições de ensino e suas localizações: 

- EMEF Ministro Fernando Osório – avenida Fernando Osório, 1.522 (Três Vendas); 

- EMEF Núcleo Habitacional Dunas – rua Três, 470 (Areal); 

- EMEF Francisco Caruccio – avenida Leopoldo Brod, 3.220 (Três Vendas); 

- EMEF Afonso Vizeu – rua Francisco Moreira, 285 (Areal); 

- Colégio Municipal Pelotense – avenida Bento Gonçalves, 4.507, com entrada pelo Ginásio (Centro);

- EMEF Alcides Mendonça – rua Padre Diogo Feijó, 213 (Fragata); e 

- EMEF Francisco Barreto – rua Triunfo, 2.257 (Laranjal).

Para receber a imunização é necessário levar um documento de identidade (RG ou CPF), comprovante de residência e cartão do SUS. Idosos que apresentarem sintomas gripais ou outras doenças agudas febris moderadas nas últimas quatro semanas não devem se vacinar.

 Divisão

Os grupos de idosos para vacinação estão assim divididos:

Segunda-feira (1º) – Idosos com 83 anos ou mais

Terça-feira (02) – Idosos com 82 anos ou mais

Quarta, quinta e sexta-feira (03) – Idosos com 80 anos ou mais

Idosos acamados

A vacinação para idosos com 85 ou mais que vivem em instituições de longa permanência segue. Até domingo (28), 377 idosos já receberam a dose. Além disso, o mesmo número de cuidadores responsáveis por atender essas pessoas também foram vacinados.

Profissionais da saúde

Continua suspensa a vacinação para os profissionais da saúde em Pelotas. O motivo da parada é a falta de doses da vacina que é distribuída pelo Governo do Estado e destinada a esse grupo.

 Por Kauã Blank, estagiário sob supervisão de Álvaro Guimarães, jornalista coordenador da Assessoria de Imprensa da Câmara Municipal

Câmara estará fechada durante a bandeira preta

Publicado em 26/02/2021.
A suspensão dos expedientes interno e externo inicia hoje e vai se estender até a troca de bandeira. As sessões ordinárias acontecem na quarta-feira (03),em ambiente virtual

 

Seguindo as orientações do Governo Estadual e observando toda a evolução da pandemia do Coronavírus, nas últimas semanas, o presidente da Câmara Municipal de Pelotas, vereador Cristiano Silva (PSDB),decidiu pela suspensão do expediente presencial da Casa Legislativa, durante o período em que a cidade estiver classificada com a bandeira preta.

A determinação é válida tanto para o expediente externo, quanto interno. Os trabalhos essenciais vão seguir sendo realizados, porém de forma remota e a critério de cada departamento. As três sessões ordinárias da semana continuam na quarta-feira, às 08h30min, também em ambiente virtual, com transmissão ao vivo pela TV Câmara e pelo Facebook.

Qualquer dúvida ou informação, está sendo disponibilizado o contato da Assessoria de Comunicação e também da Ouvidoria da Casa.


Cristiane Müller – Chefe da Assessoria de Comunicação (53) 981409897

Álvaro Guimarães – Assessor de imprensa (53) 991211738

Maicon Rocha – Assessor da Ouvidoria da Câmara (53) 984635030

 

 

Texto: assessoria de Comunicação da Câmara 

Comissão de Educação torna a discutir volta às aulas

Publicado em 26/02/2021.
O possível retorno presencial será discutido com a responsável pela pasta
Comissão de Educação torna a discutir volta às aulas

Volta às aulas serão novamente debatidas na Comissão de Educação (Foto: Janine Tomberg/Arquivo/Prefeitura) c

Será realizada na próxima quarta-feira (03) às 10h, mais uma reunião pública proposta pela Comissão de Educação para tratar sobre o retorno às aulas. Esse é o segundo encontro realizado sobre o tema.

 Para a vereadora Fernanda Miranda (PSOL) vice-presidente da comissão, a reunião é de extrema importância pois será avaliado como serão as aulas remotas e também um possível retorno presencial. “Nós entendemos que não tem como fazer retorno presencial. Somente após ter vacinado toda população. Precisamos colocar as vidas em primeiro lugar” comenta.

A parlamentar também demonstrou preocupação com os estudantes que não possuem acesso à internet. Essa questão também será abordada na reunião.

 Além da secretária de educação Adriana Silveira, vão participar do encontro epidemiologistas da Universidade Federal de Pelotas (UFPel), integrantes do Conselho Municipal de Educação e do Sindicato dos Municipários.

 A Comissão de Educação começou a discutir a volta às aulas na rede municipal no dia 28 de janeiro como as escolas seriam preparadas para receber os alunos.

 A reunião pública será transmitida ao vivo a partir das 10h pela TV Câmara no canal aberto 21.2 e também na página do Facebook da Câmara de Vereadores.

Por Kauã Blank, estagiário sob supervisão de Álvaro Guimarães, jornalista coordenador da Assessoria de Imprensa da Câmara Municipal

Câmara aprova projetos da Prefeitura na mais longa sessão do ano até agora

Publicado em 25/02/2021.
Durante nove horas vereadores debateram projetos que mudaram regras de pagamento de licenças e bonificações, permitiram contratações e renegociação de dívida com a CEEE
Câmara aprova projetos da Prefeitura na mais longa sessão do ano até agora

Silva preside a sessão mais longa do ano até agora (Foto: Paulo Ferreira)

Naquela foi a mais longa sessão do ano até agora a Câmara Municipal de Pelotas aprovou três projetos enviados pela Prefeitura e apontados como necessários para organizar o caixa do município e preparar a rede pública para uma possível volta das aulas presenciais.

As Mensagens 004, 005 e 006 de 2021 chegaram ao Legislativo no início da semana e dividiram opiniões entre as bancadas governista e de oposição. A que mais causou discussões foi a nº 04 que determinou o fim do pagamento de licenças prêmios (seis meses para cada dez anos trabalhados) e do adicional de 50% sobre o salário para os professores que trabalham em classes regulares com alunos portadores de necessidades especiais.  

A bancada do PSOL formada por Fernanda Miranda e Jurandir Silva apresentou emenda ao projeto que previa o pagamento proporcional ao tempo de aquisição à partir do quinto ano de serviço até o nono ano, de acordo com os critérios do regime anterior, a serem pagos na época da aposentadoria do funcionário. A emenda foi rejeitada em votação tumultuada na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) e na Comissão de Orçamento e Finanças (COF).  Outras duas emendas apresentadas pelos socialistas aos demais projetos também foram derrubadas nas duas comissões técnicas.

 Vencidas as comissões os projetos foram votados em plenário e aprovados. A Mensagem 04 foi aprovada por 11 votos a oito e uma abstenção. Já a Mensagem 05 que permite à Prefeitura contratar professores e funcionários para escolas foi aprovada por unanimidade, enquanto a Mensagem 06 que permite que a administração municipal faça a renegociação da dívida com a CEEE foi aprovada com 17 votos a favor e três abstenções.

 Para o presidente da Câmara Municipal, Cristiano Silva (PSDB) apesar das divergências sobre a avaliação e votação das emendas a Câmara cumpriu seu papel e mostrou preocupação com os temas que são considerados importantes para a cidade.

“A nova legislatura está mais uma vez de parabéns por avaliar os projetos da forma que o fez e os vereadores entenderam que hoje não temos que pensar em uma categoria e sim na cidade, que estamos votando pela cidade”, afirmou.

O QUE ACHARAM OS GOVERNISTAS

O líder do Governo na Câmara, vereador Marcos Ferreira, Marcola (PTB) comemorou o resultado e atribuiu as aprovações ao intenso trabalho de aproximação feito entre governo e vereadores.

“Temos trabalhado com o diálogo entre todos os parlamentares e o que nós conseguimos com essa aprovação é entregar o melhor serviço para a população, com os recursos que serão economizados com o fim das licenças prêmios e das gratificações serão usadas em outras demandas que são necessárias. Temos que enxergar o todo e esse é o nosso papel e o da prefeita”, disse.

AVALIAÇÃO DA OPOSIÇÃO

Protagonistas dos principais embates do dia os vereadores do PSOL não esconderam a frustração com o resultado da votação da Mensagem 004 e, principalmente, da rejeição das emendas apresentadas pelo partido.

Jurandir Silva e Fernanda Miranda fizeram duras críticas aos argumentos usados pelos relatores que justificaram não ser legalmente possível propor emenda no projeto originário da Prefeitura por ele tratar de despesas e questionaram o pouco tempo para discussão aprofundada das matérias.

“Desde o começo do processo de convocação da Sessão Extraordinária para analisar esses projetos afirmamos que a postura dessa Casa de aceitar a convocação e o conteúdo desses projetos era nefasto para o conjunto do município, porque a forma era inadequada e o conteúdo era inadequado. Não houve uma discussão técnica e o que derrubou as emendas foi uma discussão política. O governo veio aqui para sobretaxar e colocar a conta da crise nas costas dos trabalhadores e trabalhadoras e teve a maioria nessas votações”, afirmou Silva.

Por Assessoria de Imprensa da Câmara Municipal de Pelotas

Ponte do Laranjal é pauta com a prefeita Paula

Publicado em 25/02/2021.
Ponte do Laranjal é pauta com a prefeita Paula

Coitinho e Paula discutiram segurança da ponte sob o Arroio Pelotas (Foto: Gustavo Vara/Ascom)

O vereador Paulo Coitinho (Cidadania) cumpriu agenda com a prefeita Paula Mascarenhas(PSDB)para tratar de um assunto pontual que vem sendo pauta no seu gabinete. Procurado por moradores da Praia do Laranjal, o parlamentar conversou com a chefe do executivo pelotense sobre a segurança da ponte sob o Arroio Pelotas, que dá acesso aos balneários.

A preocupação do vereador é quanto a segurança de trafegabilidade do local, já que as quatro cabeceiras da ponte apresentam desníveis, rachaduras e, muitas vezes, buracos.
“É um assunto importante, pois diariamente são centenas de carros, ônibus e até bicicletas que passam pelo local”, disse Coitinho. Recentemente, o parlamentar visitou o local acompanhado do secretário de obras e pavimentação, Giovan Pereira.

A prefeita disse estar ciente da demanda, mas tranquiliza os usuários com a garantia de que apesar de os reparos que precisam ser feitos a ponta está absolutamente segura para o tráfego.

“Sabemos que o definitivo precisa ser feito, pois há um tempo viemos fazendo somente o urgente. Hoje conversei com engenheiros e secretários que farão o projeto e o levantamento de custos para obra de ajuste permanente”, disse a prefeita.
Participaram da reunião o secretário de governo e relações institucionais, Fábio Machado, e o chefe de gabinete do vereador, Luís Carlos Mattozo.

Por Assessoria de Imprensa do gabinete do vereador Paulo Coitinho (Cidadania)

Vereadoras se reúnem para planejar audiência pública do Dia da Mulher

Publicado em 25/02/2021.
A intenção do encontro é alinhar as ideias de todas as parlamentares
Vereadoras se reúnem para planejar audiência pública do Dia da Mulher

Homenagens ao Dia Internacional das Mulheres será organizado por vereadoras (Foto: Lenise Slawski/Arquivo/TV Câmara)

Nesta sexta-feira (26), as vereadoras em exercício na Câmara vão se reunir para discutir o funcionamento da audiência pública em homenagem ao Dia Internacional da Mulher. Será tratado o formato do evento e também a lista de convidados para discutir os temas relacionados às mulheres.

De acordo com a assessoria da bancada do Partido dos Trabalhadores, responsável pela organização da audiência, foram convidadas todas as vereadoras para a reunião online. O grupo é integrado por Míriam Marroni (PT), Carla Cassais (PT), Fernanda Miranda (PSOL), Cristina Oliveira (PDT) e Marisa Schwarzer (PSB).

Segundo Carla Cassais (PT), que substitui a proponente da audiência, a ideia é acertar como será o funcionamento da homenagem. Apesar da proposta ser da Míriam, queremos que todas participem da elaboração”.

 Por Kauã Blank, estagiário sob supervisão de Álvaro Guimarães, jornalista coordenador da Assessoria de Imprensa da Câmara Municipal

Em reunião com a prefeita, vereadora Cristina Oliveira apresenta reivindicações da causa animal

Publicado em 24/02/2021.
Em reunião com a prefeita, vereadora Cristina Oliveira apresenta reivindicações da causa animal

Cristina e Paula discutiram temas da causa animal. (Foto: Paulo Ferreira/TV Câmara)

Solicitar a retomada de políticas públicas importantes para a proteção animal de Pelotas e assegurar que os órgãos municipais tenham condições plenas de realizar fiscalizações contra maus-tratos e abandonos de animais. Foram essas as principais motivações da vereadora Cristina Oliveira ao requerer reunião com a prefeita Paula Mascarenhas, ocorrida ontem (23), no paço municipal.

Uma das principais reivindicações de militantes da causa, a retomada das castrações gratuitas oferecidas pelo governo municipal esteve na centralidade da conversa. A parlamentar demonstrou preocupação com a descontinuidade do convênio estabelecido entre a Prefeitura e a ONG SOS Animais, responsável até meados do ano passado por centenas de castrações mensais de animais semidomiciliados e pertencentes a famílias de baixa renda. A demanda vai ser atendida, de acordo com Cristina: “tivemos o compromisso do Executivo em publicar edital na próxima semana para oferecer 200 procedimentos mensais até o Castramóvel entrar em funcionamento”, comemora. 

Outra solicitação da vereadora foi em relação a falta de veterinário e veículo na Secretaria de Qualidade Ambiental (SQA), pasta responsável por fiscalizar as denúncias de maus-tratos e abandonos reportadas à ouvidoria do município. Sobre essa pauta, Paula afirmou que vai disponibilizar um carro para os fiscais. 

Melhorias necessárias nos serviços prestados pela Hospedaria de Grandes Animais também foram pontuadas. A parlamentar frisou a importância do governo instruir e preparar os funcionários incumbidos pelas apreensões e recolhimentos. “Precisamos evitar o agravamento das lesões no momento em que os animais são colocados no transporte”, explicou. Ela também mencionou o término do contrato de licitação do caminhão que realiza esse serviço. “Essa pendência precisa ser resolvida, com uma nova licitação que possibilite um transporte mais adequado”. 

Por fim, Cristina Oliveira solicitou à chefe do Executivo que sancione o Projeto de Lei que inclui educação ambiental e bem estar animal nas escolas municipais, aprovado em setembro do ano passado na Câmara de Vereadores e que ainda aguarda apreciação da prefeita. “É por meio da inclusão de ações educativas que se pretende a médio e longo prazos mudar a realidade que se vive”, destacou.

Por Assessoria de Imprensa do gabinete da vereadora Cristina Oliveira (PDT)

Vereador Carlos Júnior cumpre agenda na CEEE

Publicado em 24/02/2021.
Vereador Carlos Júnior cumpre agenda na CEEE

Vereador Carlos Júnior busca explicações na CEEE (Foto: Assessoria/Divulgação)

O parlamentar do PSD foi recebido na tarde da última segunda - feira (22) na sede regional da companhia localizada em Pelotas, na Praça 20 de Setembro 121, pelo Executivo de Relacionamento da CEEE, Cristian Brião de Lima.

Durante a conversação, ocorreram esclarecimentos sobre as inúmeras reclamações da população sobre os constantes desligamentos,  e principalmente sobre a demora na reativação da prestação do serviço.

Um dos argumentos do representante da CEEE, foram os surpreendentes fenômenos naturais, um deles o chamando ciclone bomba, e o outro foi o raio que atingiu e danificou drasticamente a subestação localizada no prolongamento da Avenida Bento Gonçalves, e que resultou em um grande número de clientes afetados, o que tornou a reativação bastante morosa.

Outra justificativa é o afastamento em virtude da pandemia, de um grande número de servidores, o quadro chegou a estar reduzido em apenas 30% do efetivo em atividade. Atualmente é de 66%, ou seja, um terço ainda permanece inativo.

Cristian ainda acrescentou que a CEEE tem projetos de melhorias de rede aprovados e que entrarão em execução na área de abrangência da Regional de Pelotas, com um investimento estimado em R$10 milhões de reais.

O vereador Carlos Júnior (PSD) tratou também dos encaminhamentos de pedido de poda em locais em que a fiação elétrica está coberta por galhos de árvores. O executivo da companhia abriu canal para o envio das demandas que atualmente afetam e preocupam moradores de várias regiões da cidade.

Por Assessoria de Imprensa do gabinete do vereador Carlos Júnior (PSD)

Bancada do PT prepara homenagem no dia da mulher

Publicado em 24/02/2021.
Pela primeira vez, Pelotas terá cinco vereadoras em exercício no Legislativo
Bancada do PT prepara homenagem no dia da mulher

Pela primeira vez a Câmara terá cinco vereadoras em atividade (Foto: Lenise Slawski/Arquivo TV Câmara)

Durante a sessão representativa dessa semana foi aprovada a proposta de uma audiência pública em homenagem ao Dia Internacional da Mulher que será realizada dia 08 de março. A iniciativa é da vereadora Miriam Marroni do Partido dos Trabalhadores (PT).

 Além de um momento para a debater direitos e políticas públicas para as mulheres, a bancada do PT, que atualmente possui duas cadeiras, prepara uma ação para reforçar a representatividade feminina na Câmara.

 Na semana da data comemorativa o vereador Sidnei Fagundes (PT) vai se afastar do cargo para que Carla Cassais, primeira suplente tome posse e com isso a sigla passe a ter apenas mulheres em exercício. A iniciativa partiu de Fagundes com o objetivo de permitir às vereadoras espaço para abordar temas relevantes para as mulheres.

 Para Carla Cassais o Dia Internacional da Mulher é uma data comemorativa, mas não festiva. “Se comemora toda a luta que fizemos até hoje, inclusive para que possamos estar aqui representando a população em geral, mas principalmente as mulheres, que ainda sofrem com a desigualdade pelo simples fato de ser mulher”.

 Com essa decisão, pela primeira vez na história, a Câmara terá cinco vereadoras em atividade: Miriam Marroni (PT), Carla Cassais (PT), Fernanda Miranda (PSOL), Cristina Oliveira (PDT) e Marisa Schwarzer (PSB).

 QUEM É CARLA CASSAIS

 Professora da rede pública estadual, Carla Cassais se envolveu na política sindical desde o início da atividade profissional. Como representante dos professores concorreu à Câmara na última eleição e fez 841 votos e ficou como primeira suplente da bancada petista.

 

Por: Kauã Blank, estagiário sobre supervisão de Álvaro Guimarães, jornalista coordenador da Assessoria de Imprensa da Câmara Municipal

Vereadora Marisa Schwarzer cumpre agenda no Posto Branco e dá voz às preocupações dos moradores

Publicado em 23/02/2021.
Na semana passada, atendendo demandas do bairro, a vereadora Marisa Schwarzer foi ao Posto Branco a pedido dos moradores. Lá, se deparou com situações que precisam de atenção com urgência por parte do município.
Vereadora Marisa Schwarzer cumpre agenda no Posto Branco e dá voz às preocupações dos moradores

Vereadora Marisa visitou comunidade do Posto Branco (Foto: Assessoria/Divulgação)

Uma das preocupações da comunidade é a falta de médicos na UBS do Posto Branco. Segundo relatos, pacientes acamados aguardam atendimento, mas não há pessoal. Mediante esta realidade, a vereadora Marisa já protocolou um pedido de providências pedindo que os profissionais da saúde façam o atendimento necessário no local ao menos uma vez por semana.

A parlamentar ainda expressou grave preocupação com as caixas d’água que não têm tampa e cuja estrutura está corroída, com perigo de cair a qualquer momento. Foi solicitada também a limpeza das caixas d’água da Unidade Básica de Saúde, que não conta com nenhum tipo de higienização há tempos, além da limpeza do pátio.

Outro local que preocupa os moradores é a Escola Márcio Dias, especialmente sabendo que a prefeitura antecipa a volta das aulas. Os populares acompanharam a parlamentar até a escola, onde foi possível avaliar o atual estado da pracinha de recreação. O local dentro da escola que deveria ser um espaço seguro para as crianças, está com mato alto onde animais (cobras, escorpiões e etc) se escondem e colocam em risco a população.

Além de solicitar limpeza do lote, a vereadora Marisa Schwarzer ainda pediu que fosse trocado o balanço da pracinha, que hoje é de pneu e é ideal para proliferação de mosquitos da dengue, além disso dentro dele já foram encontrados escorpiões e cobras.

Por Assessoria de Imprensa do gabinete da vereadora Marisa Schwarzer (PSB)

Câmara Municipal avalia pedido para contratação de 409 profissionais de educação

Publicado em 23/02/2021.
Proposta encaminhada pelo poder Executivo prevê contratar trabalhadores em todas as áreas da educação
Câmara Municipal avalia pedido para contratação de 409 profissionais de educação

Prefeitura quer contratar professores e funcionários (Foto: Igor Sobral/Arquivo/Prefeitura)

Na próxima quinta-feira (25) entrará em discussão em sessão extraordinária na Câmara de Vereadores quatro projetos encaminhados pela Prefeitura. Entre eles está a Mensagem número 05/2021 que trata da contratação de profissionais para a área de educação. Os novos contratos são essenciais para a retomada das aulas presenciais na rede pública.

Serão contratados 409 profissionais por um prazo de 12 meses com possibilidade de prorrogação por mais um ano. Os salários variam entre R$ 1.100,00 e R$ 2.886,24.

Para o líder do governo na Câmara, vereador Marcos Ferreira, Marcola (PTB) essa mensagem é importante pois autoriza a contratação de trabalhadores que garantirão o funcionamento do ano letivo.

"A Prefeitura precisa ter um número suficiente de trabalhadores para fazer os rodízios necessários para garantir a segurança dos alunos para caso do retorno presencial das aulas", afirma.

Já a oposição representada pela professora e vereadora Fernanda Miranda (PSOL), comenta que a Prefeitura tem a prerrogativa de chamar contrato emergencial para suprir as vagas, mas segundo a parlamentar o documento gera uma preocupação ao citar uma possível volta presencial das atividades escolares.

"A gente tem visto uma crescente no número de pessoas contaminadas. Surtos em escolas particulares, imagina em escolas públicas. Isso precisa ser debatido".

Fernanda adianta, ainda, que apresentará uma emenda ao projeto, pois já existem desde abril do ano passado concursados aprovados para algumas das vagas presentes no edital e que ainda não foram chamados.

A análise do projeto está prevista para acontecer em sessão extraordinária marcada para às 8h30min. Os parlamentares têm até a próxima quarta-feira (24), para protocolar emendas à proposta. A TV Câmara transmite ao vivo.

VAGAS

 35 vagas para Auxiliar de Educação Infantil

10 vagas para Cuidador

25 vagas para Merendeira

25 vagas para Monitor de Escola

08 vagas para Orientador Educacional

45 vagas para Professor de Educação Infantil

130 vagas para Professor I

125 vagas para Professor II

06 vagas para Secretário de Escola

 

Por Kauã Blank, estagiário sobre supervisão de Álvaro Guimarães, jornalista coordenador da Assessoria de Imprensa da Câmara Municipal

Maus tratos a animais de grande porte preocupam mandatos de defesa da causa animal

Publicado em 23/02/2021.
Parlamentares envolvidas na luta pela causa pedem o alternativas para o uso de charretes e mais cuidados com os cavalos
Maus tratos a animais de grande porte preocupam mandatos de defesa da causa animal

Bem estar de cavalos de tração preocupa vereadoras (Foto Michel Corvello/Prefeitura Municipal)

A preocupação com o bem estar e a proteção de animais de grande porte volta a despertar atenções na Câmara Municipal, onde os mandatos das vereadoras Cristina Oliveira (PDT) e Marisa Schwarzer (PSB) se dedicam à causa animal. O assunto já foi motivo de muita discussão na Câmara, principalmente com a proposta de extinção das charretes apresentada por três anos consecutivos.

Essa semana Marisa, que está em seu primeiro mandato, protocolou na Câmara um Projeto de Lei que regulamenta o registro de denúncias para maus tratos a animais de grande porte. Segundo a parlamentar, esses animais precisam ser tirados de circulação.

“É muito sacrifício para eles puxarem as charretes e os pesos que carregam é insuportável. Muitos cavalos estão em situação de maus tratos e a Câmara precisa pensar para, aos poucos, tirar de circulação as charretes”, afirma.

Em 2018, 2019 e 2020, Cristina, que foi eleita para seu segundo mandato, liderou debate semelhante no Legislativo apresentando Projetos de Lei para substituição das carroças e charretes por outro tipo de veículo. De acordo com a vereadora, com a evolução da sociedade o uso desses animais atrelados a veículos não pode ser permitido.

“Esse trânsito em meio a carros, ônibus e motocicletas cria condições para acidentes graves que podem vitimar tanto pessoas quanto os próprios animais. São inúmeros os casos de cavalos que morrem em vias públicas em função do trabalho extenuante ao qual são submetidos, e precisamos colocar um fim nisso”, declara.

A pedetista também negocia com a Prefeitura amplie para 24 horas o resgate de animais de grande porte pelas equipes da Hospedaria Municipal.

 

Por Kauã Blank, estagiário sobre supervisão de Álvaro Guimarães, jornalista coordenador da Assessoria de Imprensa da Câmara Municipal

Redes sociais

Facebook  Twitter  Youtube  Esta imagem é referenciada nos conteúdos do portal.  Esta imagem é referenciada nos conteúdos do portal.

TV Câmara

Atendimento ao Cidadão

Esta imagem é referenciada nos conteúdos do portal.

Leis e Processo Legislativo

Licitacon